quinta-feira, 10 de julho de 2014

Garantindo mais pontos: Ponto de Séjour

Eu e o Marcos temos conversado muito sobre o projeto de imigração e decidimos focar em conseguir mais pontos para não termos que fazer nenhuma entrevista (já ouvi dizer que não é garantido e que mesmo com os pontos podemos ser chamados para a entrevista mas mesmo assim acho que vale a pena, sempre bom garantir mais pontos).
Atualmente, conforme nossa avaliação, contando com que o BIQ considere nossa documentação, temos 59 pontos. Seriam mais 4 pontos para alcançarmos os 63 e talvez ficarmos livres da entrevista.
No momento, o mais fácil e rápido seria o ponto com Séjour, sim apenas um pontinho, pois trabalhamos e não teríamos como ganhar mais pontos.
Como o custo é muito alto, não podemos ir juntos e de qualquer forma, só ganharíamos um ponto mesmo se ambos fôssemos, então resolvemos que só o Marcos iria. Ele tem férias pra tirar, não fala francês (já uniríamos o útil ao agradável) e assim decidimos que ele vai pra Montreal garantir nosso ponto de Séjour.

No momento estamos pesquisando escolas para que ele possa fazer um curso, algo bem básico, o objetivo não é fazê-lo alcançar pontos suficientes para tirar um B2 é só mesmo para que ele tenha uma noção e vá criando intimidade com a língua francesa. Então estamos buscando um curso part time, também para que ele possa curtir a cidade, visitar os lugares, conhecer bairros, ter uma perspectiva da cidade que escolhemos morar num futuro próximo.

Até agora só pesquisamos duas escolas, estamos meio perdidos se devemos fazer com uma agência no Brasil ou por conta, não sei qual seria a melhor opção, no entanto não entramos em contato com nenhuma agência brasileira, apenas pesquisamos sites de escolas e o principal critério é PREÇO

1º Escola: http://www.language-school-canada.com/ tem um preço um pouco mais caro mas são 24hrs de aula por semana para o semi-intensivo de Francês.

2º Escola: http://www.ilsc.ca tem um preço mais barato mas são menos horas de aula, porém tem curso vespertino o que é interessante já que o Marcos não é um fã de acordar cedo.

3º Escola: http://www.cilm.qc.ca/ - não sei os valores nem maiores detalhes, enviamos um email e estamos aguardando maiores detalhes para decidir.


Estamos aceitando sugestões, opiniões principalmente de quem já foi e já teve experiência de fazer o curso e tudo mais.


Abraços

10 comentários:

  1. Já ouvi elogios sobre o College Platon. boa sorte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pela dica Raquel, você conhece alguém que fez aula nesse College? O preços estão bem atrativos!

      Excluir
  2. http://www.soraiatandel.com/...veja com a Soraria, foi o melhor preço que eu consegui.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ricardo, nesse caso a Soraia cobra quanto pra dar assistência na busca de escola? Se puder me mandar um email para ser mais discreto segue: ritaarouca@hotmail.com

      Excluir
  3. Recomente FORTEMENTE que ele evite ficar em Montréal por muito tempo. Como ele não fala francês e domina o inglês, com certeza o povo o forçará a falar inglês o tempo todo. Aconteceu comigo, acredite.
    Se a intenção é sair de lá um pouco melhot no francês, diga a ele para ir à Ville De Québec. Lá sim o povo faz de tudo para que a comunicação ocorra em francês. Pesquisei MUITO as escolas, e a que mais me agradou, tanto no quesito preço quanto na estrutura/simpatia dos professores, foi a Edu Inter. Fica em uma região muito bonita na cidade e ainda eles possuem preços especiais para brasileiros.

    Segue: http://learningfrenchinquebec.com/

    Quanto ao ponto de séjour. Peça para que guarde o máximo de comprovantes possível. Passagem de avião, comprovantes dos hoteis/aluguel da casa, aluguel de carro se for o caso, recibos de restaurantes, etc.

    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então Guilherme, até que Québec City é mais barata que Montréal, porém o intuito da viagem é conhecer nossa futura cidade e garantir nosso ponto de Séjour. Meu marido tem 0 de francês, o curso seria mais pra ele começar. Estamos considerando todas as possibilidades, mas estamos correndo contra o tempo, ele pretende embarcar em Setembro!!! Obrigada pelas dicas!!!!

      Excluir
  4. Olá Rita! Meu marido também vai para garantir um pontinho. Estamos com a mesma pontuação de vocês, porém estamos finalizando a documentação para enviar. Fechamos o intercambio dele na agência 2bestudy que é a mesma que viajei para Toronto ano passado. Muito boa, recomendo. Preferimos fazer com agência pois eles cuidam de tudo pra você e te dão um super suporte mesmo durante a viagem. A escola que ele fará o intercambio em Dezembro (já vai testar o frio..rsrs) é a ILSC Montreal. Ele irá principalmente para conhecer o lugar e começar a se acostumar com o idioma.
    Boa sorte pra vocês!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa que coragem ir no inverno. Então pela questão de preço acho que ele vai ficar com a LSC, mas vamos fazer por conta mesmo, fizemos cotação com a Experimento e ficou um pouco mais caro do que o orçamento por conta. Eu tenho uma dúvida pois no guia de imigração está falando que o séjour deve ser anterior ao envio da demanda, mas todo mundo vai e depois atualiza o dossiê, mas não vi nada escrito que pode ser depois. Você tem alguma informação? Abraços

      Excluir
  5. Rita, tenho uma dúvida.
    Tenho visto pessoas que enviaram o dossier declarando formação acadêmica como "Administration des affaires" (acredito ser seu caso), receberem "intention de rejet" por não terem declarado ser uma profissão regulamentada no Québec. Mas pelo que eu saiba de fato não é uma profissão regulamentada como enfermeiros, por exemplo. Como você fez?

    Obrigado

    Guilherme

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Guilherme,

      Não enviei formulário e não sei te falar sobre esse caso. Eu não pretendo trabalhar como Administrateur Agréé, não faço parte de nenhuma ordem e também não saberia te dizer. Mas acredito não ser necessário pois provavelmente me pediriam a carteirinha provando que faço parte de alguma ordem e como você sabe isso não é obrigatório no Brasil então não teria como provar nada né. Ainda não recebi intention de rejet mas se receber acho que só preencheria o formulário e se necessário a afiliação à Ordem dos Administradores, pois no Quebec não pretendo trabalhar como administradora, meu foco de trabalho é Procurement/Inventory, então não faria equivalência pra trabalhar. Segue a lista de profissões, acho q você já deve ter conhecimento né? http://www.immigration-quebec.gouv.qc.ca/publications/fr/dcs/A-0527-JF.pdf

      Excluir