quarta-feira, 3 de setembro de 2014

A experiência Canadense, família, entendendo a imigração

créditos: http://hrexach.wordpress.com 
Eu tenho umas pessoas da minha família que são fortes candidatos para imigração federal. Eles tem familiares no Canadá, ótimas profissões, tanto no Brasil e aparentemente também no Canadá, porém ainda não se contagiaram com o lance de imigração. Uma parcela parece bastante convencida já a outra totalmente desmotivada. O principal problema é a língua inglesa, a parcela não muito motivada fala um inglês intermediário, precisa estudar mais e aprender mais, mas eu acredito que isso é uma questão de tempo, e essa parcela conseguiria.
Todas as vezes que encontro essas pessoas da minha família falo da última chance que eles tem de entrar no processo federal de imigração, que depois vai ser difícil e blablabla.
E sabe qual o maior medo das pessoas: ter que trabalhar num tim hortons ou starbucks quando chegar no Canadá. Esse medo me fez refletir sobre muitas coisas e sobre o que estou disposta para alcançar meu objetivo de imigração. Sim eu também não quero um emprego no tim hortons ou starbucks, mas se precisar eu trabalho, with no shame! 
Hoje acabei lendo um artigo que me fez refletir ainda mais sobre a situação do emprego (link aqui), a tal da experiência canadense e confesso que fiquei um pouco aflita, pois não me imagino trabalhando em algo que chamaríamos de emprego de subsistência  pro resto da vida por não ser "qualificada o bastante" para ocupar uma posição do mesmo nível que o meu.
Mas isso é só um medo tolo, tenho de confiar mais em mim e nas minhas capacidades e me adaptar!

Voltando ao tema família, eu queria que essas pessoas da minha família fossem pra lá e que a parcela que não está muito convencida entendesse o que significa imigrar!
Imigrar pra mim quer dizer recomeçar, recomeçar significa abrir mão de muitas coisas que você conquistou e aceitar um trabalho qualquer só pra você dar o primeiro passo.
Quero muito muito que essas pessoas imigrem, seria muito bom ter uma parcela da família por perto, ainda mais quando você se dá muito bem com essa parcela.
Segundo os planos, eles pretendem visitar o Canadá no próximo inverno para ver se a parcela não convencida e que não gosta muito de frio ver se consegue embarcar nessa. Eu fico preocupada, pois no inverno provavelmente o processo federal vai se esgotar e eles não vão conseguir aplicar.
Agora eu pergunto pra quem me segue: "Como convencer meus queridos à irem pro Canadá?"

Já fiz todas as propagandas possíveis e imagináveis e a chance de pessoas jovens, como a gente, ter uma experiência fora, o quanto pode nos favorecer e que se eles não gostarem, nada é definitivo nessa vida! A gente sempre pode recomeçar....

Abraços

2 comentários:

  1. Oi Ritinha! Bom, ai vai meu pitaco! hehehehe... Converse com eles, mas nao tente convencer, respeite se eles tem uma opinião diferente da sua. Vc já disse várias vezes que nao gosta de morar no Brasil, que se sentiria melhor emigrando, mas mtas pessoas tem uma opinião diferente e tlz seja esse o caso da sua família. A coisa aqui já é bem dificil querendo muito, se a pessoa nao quiser de td coração fica qse impossivel. Claro que morar com familia perto seria uma delícia, mas até onde é sonho seu e sonho deles? Pense com carinho, espero que eles te ouçam com carinho tb e que td mundo siga seu caminho feliz, de longe ou de perto! Boa sorte pra vcs, beijão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nati, obrigada pelo ponto de vista! Sim, estou sendo um pouco egoísta hahahaahaha. Eu adoraria ter essas pessoas da minha família por perto, por isso a vontade de tentar vender a imigração, mas com certeza vou respeitar qualquer decisão que eles tomarem.

      Excluir